A precisão e a eficiência são palavras-chave para todo produto químico que é posto no mercado. Nem mais, nem menos: exatidão e qualidade são tudo! Com os diversos avanços científicos e tecnológicos, a possibilidade de automação nas indústrias serviu de base para que o controle de processos pudesse ser, finalmente, desenvolvido. Com o avanço da tecnologia, inegavelmente se desenvolveram diversas técnicas que auxiliam nesta tarefa, não só para ao produto final, mas também ao longo de todo o processo.

De forma mais otimizada e mecanizada, o controle de processos auxilia os operadores a monitorar, em tempo real e com extrema eficiência, a situação de diversos setores da produção. Imagine você contar com determinada quantidade de algum composto para, por exemplo, fabricar medicamentos ou empregar na agricultura e, surpreendentemente, há algo desalinhado com o esperado?

Os danos na saúde ou ao meio ambiente podem ser irreversíveis, de modo que não se pode haver margem de erro nessas situações.O controle de processos na indústria química é indispensável, pois os produtos que dela saem são utilizados em empreendimentos de altíssima importância, para os seres humanos, para o meio ambiente, para os animais, etc.

 

Controle Feedback (realimentação) e o Feedforward (antecipativo)

Há dois tipos de controle de processos mais comumente utilizados, que é o Controle Feedback (realimentação) e o Feedforward (antecipativo). O Feedback diz respeito ao método que verifica a variável a ser controlada, equipara-se com o valor de referência e completa-se a diferença (erro), modificando-se a variável para o valor desejado. Já o método antecipativo, como o próprio nome já diz, adianta-se e reconhece o erro assim que ele ocorre, fazendo com que a saída seja a desejada, sem precisar esperar terminar o processo.

 

Vantagens do controle de processos na indústria química

Atestar a segurança dos profissionais e das operações são primordiais para o bom desempenho do trabalho, de tal forma que se garante a qualidade do produto e torna o empreendimento mais sustentável. A devida atenção para o controle de processos em uma indústria permite realizar o monitoramento contínuo necessário para, finalmente, se materializar ganhos para a empresa, como:

  • Otimização/Redução de matéria prima;
  • Redução de gastos;
  • Aumento da segurança na planta industrial;
  • Operar dentro dos parâmetros e normas legais;
  • Garantia de qualidade no produto;
  • Respeito ao meio ambiente;
  • Evitar desperdícios, acidentes e anomalias.

Todos esses itens são pressupostos básicos para um serviço de excelência, a qual tem de ser o parâmetro mínimo para as atividades de uma indústria química.

 

Importância do controle de processos na indústria química

Garantir a segurança do empreendimento é o objetivo número um do controle de processos. Tratando-se de um setor que opera com diversos segmentos de produtos que alimenta todas as outras indústrias, é vital para a indústria química conseguir monitorar o andamento de suas operações, pois o resultado tem de ser o melhor possível.

É impossível se imaginar que todos os insumos químicos que são postos no mercado não possuem o devido acompanhamento profissional, tendo em vista sua alta complexidade.

Com o controle de processos, é possível analisar e realizar as mudanças necessárias em dada operação, ainda mais se tratando de processos altamente dinâmicos e voláteis como os químicos.

A ética ao se elaborar um produto e entregar o que é demandado é imperativo no setor, e para que isso se concretize, é indispensável que se haja a devida checagem, acompanhamentos e testes em todos os processos.

Dessa maneira, o controle de processos é fundamental para qualquer indústria, ainda mais a química.

Convergindo com a sustentabilidade e promovendo a segurança no trabalho, o papel do controle de processos, em outras palavras, é o de garantir o êxito da indústria química