Automação na Indústria Química

A crescente demanda e necessidade de uma produção cada vez maior e eficiente fazem as indústrias buscarem constantemente soluções e alternativas para otimizar os processos. Dessa forma, umas das opções viáveis é a automação industrial, uma vez que ela proporciona inúmeros benefícios para as indústrias.

É importante, primeiro, dizer que automação e instrumentação não são a mesma coisa, apesar de caminharem juntas. Automação busca, por meio de tecnologia e máquinas, diminuir o tempo para confecção dos produtos, diminuindo sua mão de obra e otimizando tempo e recursos.

Por outro lado, a instrumentação industrial é o caminho que se percorre para melhorar esses processos, aperfeiçoando-os e criando melhores condições em outros aspectos, como desempenho e segurança do trabalhador.

 

Mas o que é exatamente a automação industrial?

Automação é a utilização de tecnologias e técnicas para a realização de processos e tarefas a fim de otimizar os processos existentes na indústria. Isso, consequentemente, diminui a necessidade do trabalho manual, uma vez que os processos passam a ser automáticos.

Apesar de algumas pessoas terem resistência em relação a isso, é importante lembrar que surgem outras demandas de trabalho de acordo com as novas formas de trabalho. Além disso, também é extremamente importante nos casos de substituição da mão de obra em tarefas que oferecem algum risco ao funcionário. A automação substitui o operário por máquinas de forma inteligente e eficaz, pensando em todos os benefícios que serão gerados para a indústria.

 

Benefícios da automação industrial:

  • Diminui os custos;
  • Acelera os processos;
  • Garante tarefas e /ou processos com alta precisão e execução;
  • Diminui os riscos de acidente de trabalho;
  • Aumenta a produtividade da empresa.

No entanto, é claro que todo esse processo de automação precisa ser bem planejado. Isso requer profissionais bem qualificados e uma equipe multidisciplinar que consiga identificar as etapas que precisam de algum tipo de melhoria. A tecnologia hoje em dia está presente em praticamente tudo e com a indústria química isso não é diferente. Ela, inclusive, garante uma melhor competitividade da indústria no ramo.

Outro ponto importante é que as modernizações acontecem muito rapidamente, por isso também é fundamental que a empresa esteja sempre atualizada em relação às novidades e tendências existentes.

 

Automação na Indústria química

A elevação da produção está intimamente ligada ao emprego da automação, e isso não é diferente da indústria química.

O quesito segurança é algo extremamente delicado, que necessita de cuidado redobrado se tratando da indústria química. A integração e supervisão de diversos processos potencialmente perigosos faz com que o ambiente se torne mais seguro e produtivo.

O controle de processos, que é algo também extremamente importante na indústria química, é possibilitado pela automação, pois necessita de aparatos tecnológicos a fim de monitorar os processos e resolver problemas, corroborando com os objetivos da automação industrial.

Para a indústria química, em especial, é indispensável o monitoramento contínuo dos processos, garantindo-lhes confiabilidade e segurança.

A automação de processos contínuos é muito utilizada para aqueles processos de grandes quantidades, onde não há manipulação do trabalhador.

Diversos processos complexos e que exigem exatidão e correção, como dosagem, misturas, embalagem, tratamento de efluentes, entre outros, são comuns a todos os produtos da indústria química. Sendo assim, tudo que se almeja nesses momentos é a garantia que tudo dará certo.

E é justamente nesse ponto que entra a automação, controlando as variações de níveis, quantidades e valores, como por exemplo, de temperatura ou pressão. Consequentemente, obtém-se um melhor produto de forma mais rápida, controlada, segura e confortável.

A automatização aliada a boa condução dos funcionários da indústria química leva o empreendimento a outro patamar, conferindo-lhe altos ganhos de rendimento, tanto econômico quanto de seu capital.

Desta forma, almejando desenvolver a indústria aos melhores níveis possíveis, é mais do que obrigatório pensar em sua automatização.